Quando esperamos o amor chegar…

by
Cartaz de Nunca te vi, sempre te amei

Cartaz de Nunca te vi, sempre te amei

Por Calcinha Romântica

Um dia, reclamei de minhas tentativas amorosas frustradas para um grande amigo. E ele calmamente me disse para eu começar a fazer tudo, todos os dias, pensando no amor verdadeiro que estava por vir. Sim, um homem me disse isso, um desses raros que não traem a mulher, que somente fazem amor e não sexo por sexo, um desses românticos lindos… incomuns, é bem verdade. Que pena! Conheço três deles. Sim, três. Nenhum está ao meu lado, infelizmente, mas fico feliz, e muito feliz, por saber que existem e que estão, neste momento, fazendo alguém sorrir.

Sim, espero um amor, não desses enlouquecidos, apaixonados, que nos fazem perder a cabeça. Passou meu tempo. Procuro, hoje, uma companhia sincera, calma, companheira, cúmplice, independente, inteligente, sensível… A lista é grande! Seria esse o problema: nossas exigências. Cheguei a um ponto de não conseguir imaginar meu corpo sendo tocado por alguém que não amo e que não me ame. Sou ainda das antigas. Preciso de romance, de carinho, de afinidades… Sexo por sexo? Minhas mãos me amam muito bem e tenho uma ótima imaginação.

Cena de As pontes de Madison

Cena de As pontes de Madison

Às vezes, fico pensando como será esse encontro. Onde será? Quem será? Somos surpreendidos de formas tão diversas, porque a vida é isso mesmo: surpresas. Em minha última história, apostei todas as fichas. Todas! Fui destruída como em uma guerra desigual. Estou convalescendo. Mesmo assim, meu coração quer tanto, tanto alguém, que o pego espiando por debaixo dos esparadrapos e faixas e pomadas e remédios em uma tentativa de ver esse tal de amor.

Mas a vida já me ensinou que procurar não adianta. O amor vem assim, de surpresa, quando menos esperamos, das formas mais inusitadas. Sim, a vida brinca com a gente, somos parte de um jogo do qual nem sempre temos controle. Tenho amigas bonitas, inteligentes, solteiras, casadas, jovens, nem tão jovens mais… e todas, sem exceção, sofrem por amor, querem amar. Se não têm alguém, buscam.

Cena de O paciente inglês

Cena de O paciente inglês

Quanto a mim, sinto uma certeza absoluta de que existe alguém. E eu espero, como aconselhou meu amigo querido. Vivo bem só, muito bem, aqui no meu canto, com minhas cores, dores, músicas, vinho, escritas, trabalho, amigos adorados. Assim, me recupero, porque, quando o amor chegar, quero mesmo estar pronta, livre, independente. Sou uma daquelas que se jogam, que se despencam, que se arremessam… Já tive todos os ossos quebrados. Mas lá vou eu de novo, porque o amor vale e muito.

Tags: , , , ,

13 Respostas to “Quando esperamos o amor chegar…”

  1. calcinha bélica Says:

    Romântica, amei o texto e cada dia mais sinto que essa companhia sincera, calma, companheira, cúmplice, inteligente, sensível… (falta só o independente) e outras infinitas qualidades chegou de mansinho na minha vida e ficou…só que dá um trabalhão, mas vale a pena!

    • calcinharomantica Says:

      Que bom, Calcinha Bélica, que tem esse amor ao seu lado.
      Fico muito feliz, fico feliz ao perceber que existem pessoas entregues no mundo.

  2. Calcinha de rendinha Says:

    ai, amigas, calcinhas… também sou das que se entregam totalmente ao amor. e, assim como a romântica, aprendi que não adianta procurar: ele aparece daquele jeito inesperado, naquela festa nada-a-ver, na fila do cinema, no batizado do filho da prima. o difícil, às vezes, é reconhecê-lo. e estar livre pode ajudar nesse processo. adorei o texto! bjos

  3. Dinossaurio Says:

    Romântica, isto é como nos quebra-cabeças: se a peça não encaixa é porque não é ali o lugar dela mesmo. Nem vale a pena insistir !

    Calcinhas, desde que comecei a ler este blog conjunto que achei gostoso esta forma imaginativa de todas vcs se apresentarem como predadoras inconformadas e implacáveis. Frias e pragmáticas, naquela do “sexo não é mais que uma troca de fluidos”, algo banal e mecânico, coisa de números. Fiquei perplexo, curioso, descrente. Sobretudo porque confrontava a minha própria realidade, de um homem para quem sexo não faz sentido sem amôr. Podemos brincar com a situação, mas gostaria de dizer para vcs que o amigo da Romântica não é tão raro assim.

    • calcinharomantica Says:

      Bem, Dino, aqui é um espaço de livre expressão, sem preconceitos e puritanismo. Cada uma assume o que é, e pronto, ou o que está somente na imaginação. No meu caso… sou romântica mesmo, e não é nada fácil ser assim.

      Que bom que se considera um desses homens raros e lindos! Para os homens, é ainda mais difícil assumir essa personalidade fiel, romântica, do sexo por amor. Vivemos em uma complicada sociedade, ainda muito machista. Mas minha lista aumentou nos últimos dias: cresceu de três para cinco desses homens raros. Incluo você.

  4. calcinha bélica Says:

    Amei as ilustrações, esses filmes são lindíssimos e revelam toda a sensibilidade do texto.

    • calcinharomantica Says:

      Obrigada, Bélica! São lindos mesmo esses filmes. Todos falam de amor intenso, forte, mesmo entre duas pessoas que nunca se conheceram.

  5. Eu Says:

    Romântica
    Parabens,pela sua resposta ao Dinossauro
    Continuem
    Bjks

  6. calcinha exocet Says:

    Romântica, que lindo! Os filmes fazem referência a esse amor. A ponte de Madison mexeu muito comigo quando o assisti. Às vezes penso que esse amor dos filmes só existem no cinema. O romance na vida real é tão complicado e sofrido. Será que sonhamos demais?

  7. Franco Says:

    Estou à procura da mulher certa. Estou quase batendo o recorde do Florentino Ariza, mas… a procura continua e é muito boa.

    Abraço e parabéns pela leveza do texto!

    • calcinharomantica Says:

      Obrigada, Franco. Essa busca é um tanto inglória. Não busco mais. Espero que aconteça… Às vezes, quando procuramos, encontramos tudo, menos o amor. E eu acreito nele. Seja sempre bem-vindo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: