Mulheres superpoderosas

by

(Por calcinha de oncinha)

cristina-fernandezA revista Forbes publicou a lista das 100 mulheres mais poderosas do mundo. O critério para a classificação compõe-se de dois quesitos: visibilidade (menção na mídia) e tamanho da organização ou do país que elas lideram. Naturalmente, a maioria das mulheres é americana. Mas também têm algumas indianas e até uma argentina, a Presidenta Cristina Fernandéz Kirchner, que está em 11º lugar. A lista não pode ser levada tão a sério, pois dela consta a mulher de Barack Obama, Michelle Obama, que, embora provavelmente lidere sua família e seu marido, não está à frente de nenhuma organização ou país.michelle-obama

Na lista não se encontra nenhuma brasileira.

Tags: , , ,

7 Respostas to “Mulheres superpoderosas”

  1. Calcinha de rendinha Says:

    Acho que Michele Obama tem mais motivos para constar da lista do que Cristina Kirchner, não desmerecendo o fato de a argentina presidir um pais. É que Michelle tem muito mais exposição na mídia que Cristina. E não sem razão. Enquanto Cristina apareceu na lista da Forbes exclusivamente por ser uma das poucas mulheres que ocupa o cargo máximo de uma nação, a mulher de Obama fez e faz parte de uma grande conquista de todo o mundo: o fato de os Estados Unidos terem eleito seu primeiro presidente negro. Tem uma história de luta em favor das minorias – sendo ela também pertencente a algumas delas. A batalha de Obama até a presidência dependeu, e muito, de Michelle também.

  2. calcinha bélica Says:

    A velha fómula da Forbes: mulheres superpoderosas são aquelas que estão no comando de uma grande empresa (Pepsi, Avon, Xerox, Yahoo etc), que estão na mídia…Aquelas mulheres que, infelizmente, ilustram como o capitalismo é visto como uma vontade quase divina e não pode ser constestado. Fico com nojo! Não ententi o naturalmente e o até colocados no seu texto, se vc acha natural mais uma vez a maioria das mulheres da lista ser americana e não fundamenta argumentos do porquê, o texto acaba ficando raso. Um assunto de suma importância como “Mulheres super poderosas” merecia mais embasamento. Acho que você poderia ter explorado no seu texto o que faz da Michele tão poderosa, pois ela realmente é.

  3. Dinossaurio Says:

    Bélica, com a TPM ? escusa de ser tão agressiva…😉 o artigo é sobre mulheres com “poder”. Jiang Qing, mulher de Mao e uma das integrantes do bando dos Quatro, teria cabido nessa lista, apesar de ter sido “anti-imperialista” e de ter sido co-responsável pela morte de milhões de chineses durante a revolução cultural. Deixa de lado esse papo furado de ‘anti-capitalista’. Mulher quando tem poder também pode ser má e egoista, que nem homem. Ou será que vc já não tem nojo se ela fôr comunista ? E já agora, se Obama foi eleito apenas por ser negro então foi uma desgraça para os States e para o mundo. Focar na côr de pele dele é uma enorme demonstração de racismo….

  4. calcinha bélica Says:

    Vale discutir então o que é poder. Não sou comunista e não quero focar na questão anti-imperialista, só acho que o texto ficou raso, só isso. Como previa, os comentários vão dar o que falar. Acho que várias questões poderiam ser discutidas e não foram, só. O poder das mulheres cresceram em relação ao ano passado? Em plena crise econômica, o que significa mulheres estarem no comando de grandes empresas? E as chefes de estado, líderes, merecem destaque pois conseguem enfrentar bem uma recessão? Sim, elas merecem. Só senti falta de um novo foco para essa discussão. Em relação à Michele, uma minoria estar no poder significa muito. Muito mesmo, pergunte às minorias. Horácio, acredito que não abrir esse debate, fingir que essa questão de cor de pele não existe, é uma enorme demostração de racismo.

    • calcinhasnarede Says:

      (por calcinha de oncinha)
      Devemos parar de usar ironia? Não sei, não sou dona da verdade. Mas quando uma ironia não é percebida, todo tipo de comentário, a favor ou contra a interpretação literal, acaba tirando o foco do que se pretendia dizer.
      O post não é uma reportagem. Comentei uma notícia em tom irônico. Não é jornalismo. Daí o “naturalmente” e o “até”, recursos de linguagem. Ainda usei o exemplo da inclusão de Michelle Obama, uma incongruência na lista, contrariando o critério estabelecido. Ao lado de presidentas de países e de grandes corporações está uma “primeira dama”, a única. Atualmente Michelle tem um grande mas pessoal projeto: cuidar da casa, do marido e das crianças. Então ela só entrou na lista por ser mulher de um homem poderoso. Mas este exemplo não foi citado para desmerecer a mulher Michelle Obama. Apenas para mostrar, como disse, que a lista não deveria ser levada tão a sério. Nem o post.

      • Dinossaurio Says:

        Tem mais primeiras damas que apenas a Michelle, viu. Por exemplo a rainha Rania da Jordânia (caso este que é ainda mais intrigante, na minha opinião: apenas no lugar 76 mas com uma influência indiscutível no Médio-Oriente). Seria interessante discutir como as mulheres usam o (contra-)poder que têm, o que em inglês chamam de ‘soft-power’.

    • Dinossaurio Says:

      Puxa, Bélica, vc ficou braba comigo mesmo…. mas escusava de ter denuciado meu disfarce, né !😉 mas faz mal não, eu merecia. Minhas desculpas… sua proto-comunista anti-racista😉

      Olha, ao longo da história sempre houve mulheres com muito poder, desde Cleópatra até à rainha Ginga dos Quimbolas no Congo. Na Islândia as mulheres têm um poder indiscutível desde o tempo das Sagas dos Vikings. Mais do que isso, foi por selecção sexual que a mulher foi imprimindo sua vontade na evolução da raça humana. Se o Homem criou a fala foi para seduzir a mulher. Quer mais poder que esse ?

      A lista tem as “100 mais”. Há alguma que não esteja na lista e que vc considere ter mais influência que essas ?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: