Beije-me muito!

by

(por calcinha de oncinha)

Olá, leitoras!

Pulei carnaval em Olinda esse ano! Uau! Não sei como estou viva depois de tanta atividade.

Nunca beijei tanto na minha vida como nesse carnaval. E por falar em beijo, hum…. que coisa mais gostosa!

Todos os caras que beijei, adorei. Não me perguntem quantos foram! Não me lembro.

Sei que existe beijo ruim pois já tive essa experiência no passado. E o pior é que depois desse beijo não dá mais para  ficar com o cara. A coisa desanda. Esse cara do passado, por exemplo, não abria a boca direito, sua língua parecia que fugia da minha. Era um esforço inútil de minha parte.  Por outro lado, há amigas que relatam que beijos em que a língua quase toca em nossas cordas vocais causam um anticlímax.

Será que podemos aprender a beijar? Existe algum manual ou dica que ensina a controlar a intensidade com que se beija?

Saibam que fui pesquisar e….

Não é que existe! Há um livro de Pedro Paulo Carneiro, Dossiê do beijo – 484 formas de beijar! O autor afirma que sabemos beijar desde que nascemos. Vamos acompanhar seu pensamento.  Segundo Carneiro, o ato está impresso em nosso DNA. O modo que nossos antepassados nos alimentavam – mastigavam os alimentos e os depositavam na boca das crianças – deu origem ao beijo. Ele afirma que não existe quem beije bem ou mal. O que proporciona um bom beijo é a química entre as pessoas. Então, pensei: mas se é pura química por que 484 formas de beijar? Em seguida, ele diz que é possível aperfeiçoar a arte de beijar e dá dicas de cuidar da higiene bucal para torná-la mais atraente, movimentar a língua pelo palato, pelos lábios, e até pelos dentes. Percebi que o autor não fica preso às técnicas, ao contrário, ele afirma que sem o envolvimento não há como as técnicas ajudarem.

Li também que o beijo estimula os músculos do rosto e produz a serotonina, um neurotransmissor de prazer. Há um site que tem sido o maior sucesso é www.bestkisses.com. O fato é que adoro beijar, mas não é qualquer um. Está certo que no carnaval passei da medida. Espero sinceramente que minha atitude não me traga nenhum probleminha. Muitos beijos para todas nós!

Tags: , , , ,

6 Respostas to “Beije-me muito!”

  1. Fabio Says:

    Qual sua fantasia em Olinda?? tbm estava por lá..rsrsrsrs

  2. João Says:

    Você não passa de uma VAGABUNDA, CACHORRA E ORDINÁRIA, isso sim.

  3. André Says:

    Discordo do João, ler este post me faz pensar que eu estou precisando é de uma rola bem grande, ui…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: