Gisele não precisa aceitar o estereótipo de loura burra

by

A empresa de lingerie conseguiu o que queria. A propaganda recebeu atenção por conta da polêmica. E continua no ar.

Não sou a favor da proibição, embora eu ache que a peça publicitária realmente reforce a imagem de mulher como objeto de consumo. Mas trilhões de outras propagandas fazem o mesmo.

Na verdade, o que me surpreende é a Gisele Bundchen, uma das cem pessoas mais ricas do mundo, segundo a revista forbes, e a modelo mais bem remunerada, aceitar fazer esta propaganda, que só prejudica sua imagem.

Imagem que já havia chegado ao subsolo com a outra propaganda, ainda pior, em que ela esfregava o chão da casa sob as ordens de um marido machista.

Acho simplesmente burrice. Alguém pode dizer que, pelo contrário, isto é prova de inteligência, afinal os milhões continuam entrando. Acontece que a simples beleza como fonte de dinheiro um dia vai acabar. Um dia o ser humano Gisele vai voltar a ser mais importante que a capa linda. E ela talvez perceba que poderia ter-se tornado  algo mais. Muitas outras belas mulheres trilharam este caminho com o amadurecimento.

Gisele conquistou merecidamente um lugar ao sol. Nâo precisava aceitar a imposição do estereótipo de loura burra. Ela vale muito, como pessoa. Mas aceita ser tratada como se não valesse nada.

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: