Posts Tagged ‘celebridades’

Gisele não precisa aceitar o estereótipo de loura burra

outubro 15, 2011

A empresa de lingerie conseguiu o que queria. A propaganda recebeu atenção por conta da polêmica. E continua no ar.

Não sou a favor da proibição, embora eu ache que a peça publicitária realmente reforce a imagem de mulher como objeto de consumo. Mas trilhões de outras propagandas fazem o mesmo.

Na verdade, o que me surpreende é a Gisele Bundchen, uma das cem pessoas mais ricas do mundo, segundo a revista forbes, e a modelo mais bem remunerada, aceitar fazer esta propaganda, que só prejudica sua imagem.

Imagem que já havia chegado ao subsolo com a outra propaganda, ainda pior, em que ela esfregava o chão da casa sob as ordens de um marido machista.

Acho simplesmente burrice. Alguém pode dizer que, pelo contrário, isto é prova de inteligência, afinal os milhões continuam entrando. Acontece que a simples beleza como fonte de dinheiro um dia vai acabar. Um dia o ser humano Gisele vai voltar a ser mais importante que a capa linda. E ela talvez perceba que poderia ter-se tornado  algo mais. Muitas outras belas mulheres trilharam este caminho com o amadurecimento.

Gisele conquistou merecidamente um lugar ao sol. Nâo precisava aceitar a imposição do estereótipo de loura burra. Ela vale muito, como pessoa. Mas aceita ser tratada como se não valesse nada.

Beleza + inteligência: celebridades contra as plásticas

agosto 20, 2011

Três atrizes britânicas uniram-se, em Hollywood, a favor de uma campanha contra cirurgias plásticas. Kate Winslet, Emma Thompson e Rachel Weisz criaram a “Liga Britânica Contra a Cirurgia Plástica”.

Aos 35 anos, Kate disse em entrevista ao jornal inglês “The Telegraph”, que ela e as amigas resolveram tornar-se ativistas contra a pressão de Hollywood para que as mulheres façam cirurgias plásticas.

“Eu nunca cederei”, disse. “Vai contra os meus princípios, contra a maneira como os meus pais me educaram e contra o que eu considero a beleza natural. Eu sou uma atriz. Não quero congelar a expressão do meu rosto”, disse a estrela.

Emma Thompson concorda em gênero, número e grau. “Eu não vou mexer em nada no meu corpo. Nós vivemos em uma sociedade louca pela juventude, na qual todo mundo tem que parecer ter 30 anos quando tem 60.” Já Weisz afirmou que as pessoas que parecem perfeitas demais “não são sexy ou particularmente bonitas”.

fonte

Papo de consultório

setembro 7, 2009

(por calcinha de cristal)

Estava esperando ser atendida pelo médico e, pra passar o tempo, comecei a bater papo com as outras mulheres. Claro, como a gente não se conhecia, conversamos futilidades, como pintura de cabelo. Falamos sobre homens que pintam o cabelo. Quase morri de rir quando alguém disse o que acha pior. Ela observou que tem homens que aproveitam o resto da tinta da mulher, e fica o casal com o cabelo de mesma cor. Se este é o seu caso, desculpe, mas considere isso um toque: é ridículo e se você acha que ninguém vai notar, está enganado(a). Verdade que depois descobri que quem falou isso é policial e, portanto, observar faz parte da profissão.

É difícil homem pintar o cabelo e ficar natural. Homem, em geral, ou pinta de preto, e aí fica preto demais, ou pinta de uma cor meio castanha, meio ruiva, que tem gente que chama “acaju”. Todo mundo nota.

Embora eu pinte meu cabelo, às vezes fico preocupada com as substâncias tóxicas da tinta. Mas a vontade de variar o visual e, claro, esconder uns (poucos!) cabelos brancos, prevalece. Uma vez eu li que o cabelo branco, na verdade é um cabelo transparente, porque a melanina, que dá cor ao cabelo, fica no interior do fio, coberto por uma camada translúcida. Poeticamente, quem escreveu isso tentava convencer que é bonito o cabelo branco, por ser um cabelo mais iluminado, brilhante. Eu até acho bonito, mas é difícil não associar o cabelo branco à velhice. E a gente quer fugir dela.

Mas às vezes cansa lutar contra a natureza e dá vontade de desistir. Mesmo porque a gente sabe que, no final, ela sempre vence.

Quando voltei da consulta, fui pesquisar sobre o tema “pintura dos cabelos”, para saber se realmente a tinta faz mal. Acabei encontrando uns sites superlegais que simulam a cor do cabelo, como a gente ficaria com o cabelo de algumas celebridades, como ficaria o peito com uma plástica, como ficaríamos mais magras ou mais gordas. Tem de tudo. É só fazer o upload da foto. Vou listar os links abaixo. Se não estiver dando certo, experimente atualizar o navegador, ou mesmo usar um outro navegador.

É divertido! Ah, se eu descobri que tinta pra cabelo faz mal? Tá cheio de textos que afirmam isso. Tem um que até diz que pintar o cabelo aumenta a quantidade de fios brancos, que ironia… Mas a gente não pode acreditar em tudo que lê na internet!

links:

http://www.colortry.com (experimente novas cores de cabelo)

http://facecombine.com/(misture seu rosto com o de celebridades)

http://reshapr.com/ (faça uma cirurgia plástica virtual)

http://www.modiface.com/ (site da empresa que bola todos estes softwares, onde tem ainda outros, até de simulador de aparelho ortodôntico)

colortry