Posts Tagged ‘GLS’

As muitas formas de amar

setembro 10, 2009
Gabrielle D'estrees e uma de suas irmãs (1595)

Gabrielle D'estrees e uma de suas irmãs (1595)

greek-homosexual-painting

(por calcinha de cristal)

Eu fico pensando em como o ser humano se preocupa com besteira. Vejam a classificação das pessoas quanto à sexualidade: existiriam os heterossexuais, os bissexuais, os homossexuais, os pansexuais, e, quase esqueço, os assexuais. A coisa fica meio como torcer para um time. Um gay provavelmente ficará tão ofendido se você disser que ele é capaz de transar com alguém do sexo oposto, quanto  um hetero se você disser que ele faria sexo com alguém do mesmo sexo, dependendo da circunstância.

Alguém até cunhou o termo monossexualidade, para se opor à bissexualidade.

Digo isso para mostrar o que me parece uma coisa muito idiota. Por que algumas pessoas se preocupam tanto com o que as outras fazem em geral quando estão em suas casas, ou quartos de motel, ou escurinho, ou seja lá onde for, mas provavelmente longe do olhar de outras pessoas? Por que isso é tão importante?

egípcios

Talvez a mais antiga ilustração de um casal gay

Claro, todo mundo sabe que a perseguição contra a homossexualidade começou como um assunto religioso. Sabe-se lá por que, Deus se preocuparia muito com esta questão. Durante a idade média, homens e mulheres  foram queimados sob a acusação de práticas homossexuais.  As mulheres lésbicas eram consideradas bruxas.  O principal motivo religioso, acho, é que se o sexo não for feito para procriação, é luxúria e, portanto, deve ser reprimido. Aliás, não é só a homossexualidade que é reprimida com este argumento.  Sexo, em geral, passou a ser um assunto satanizado. Da religião, passou para o inconsciente das pessoas e até para quem não segue nenhuma religião o assunto tem (imerecida) relevância.  A sexualidade de cada um deveria dizer respeito  apenas ao indivíduo. Mas a coletividade se intromete de forma irracional. Pra quê?

As quatro bruxas de Albrecht Dürer (1497)

As quatro bruxas de Albrecht Dürer (1497)

Anúncios